Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal

3º ciclo |2017-2020|

:

detalhe

Compromissos do 3º ciclo, 2017-2020
  • A-
  • A
  • A+
 

 COMPROMISSOS

 
COMPROMISSOS DO 3º CICLO | 2017-2020 |
INSTITUTO DE APOIO À CRIANÇA
Título: Recuperar, Prevenir, Revalorizar
Sumário: O Instituto de Apoio à Criança, Instituição Particular de Solidariedade Social, criado em 1983, é hoje uma importante realidade apoiando a Criança e a Família em Portugal, e que tem como objetivo principal contribuir para o desenvolvimento integral da Criança na defesa e promoção dos seus direitos.
Desde a sua criação, que para o IAC a grande prioridade foram sempre as crianças em risco, abandonadas, maltratadas e abusadas sexualmente.
Para a prossecução dos seus objetivos, o IAC realiza ações de informação e sensibilização e, tem ainda, uma forte intervenção direta em domínios não cobertos nem pelo Estado, nem por outras entidades, nomeadamente através dos seguintes setores:
Projecto Rua – “Em Família para Crescer”; SOS – Criança; Actividade Lúdica; Humanização dos Serviços de atendimento à Criança; Apoio Jurídico e um Centro de Estudos e Documentação para a Infância.
O Instituto de Apoio à Criança, através do Projecto das Crianças de Rua foi em 1989 o único projeto português aprovado pela União Europeia, como iniciativa inovadora, e no âmbito da sua atividade assume compromisso de desenvolver um projeto ao nível do Recuperar, Prevenir e Revalorizar, na área do consumo/abuso de álcool e/ou outras drogas, destinado a adolescentes e jovens menores de 18 anos e respetivos pais/ representantes legais. Este projeto tem uma intervenção em contexto de rua e em contexto comunitário (bairro, escola, sala) e tem como finalidade a promoção de mudança de comportamentos, mediante a implementação de um programa de treino de competências, visando uma maior consciência dos riscos associados ao uso nocivo do álcool.
Tem como principal objetivo, desenvolver competências pessoais e sociais nas crianças, adolescentes e jovens de modo a adquirirem conhecimentos e estratégicas, que lhes permitam identificar e lidar com os riscos associados aos consumos, adotando comportamentos assertivos.
Esta intervenção terá um caráter regional suportada por um trabalho em parceria de múltiplos setores. O projeto aposta em metodologias expositiva (inputs teóricos, interrogativa (feedback) e métodos ativos, participativas e experienciais (simulações, role-play, exercícios pedagógicos, trabalhos de grupo, análise de situações e casos, dinâmicas de grupo).
Com este compromisso esperamos proteger as crianças, adolescentes e jovens, informando, sensibilizando, educando e capacitando para as consequências dos padrões nocivos e perigosos de consumo de álcool.
39 IAC 092017.pdf
Voltar