Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal

SICAD

:

destaques

SICAD
  • A-
  • A
  • A+
DESTAQUES
  • Sessão Comemorativa dos 40 anos do SNS 11/9/2019
    Imagem do banner do evento dos 40 anos do SNS

    O Ministério da Saúde assinala o 40.º Aniversário do Serviço Nacional de Saúde (SNS) no próximo dia 17 de setembro numa sessão comemorativa que terá lugar no Auditório do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, sito na Praceta Prof. Mota Pinto, pelas 15h00.

    Conheça o Programa

  • Portal dos 40 anos do SNS 26/7/2019
    será redirecionado para o Portal dos 40 anos do SNS

    Para assinalar o 40.º Aniversário do Serviço Nacional de Saúde (SNS), que se comemora em 15 de setembro de 2019,o Ministério da Saúde lançou um website especialmente dedicado às celebrações e que pretende evidenciar os ganhos em saúde alcançados pelos portugueses ao longo das últimas décadas, mas também a partilha das várias iniciativas que ao longo deste ano vão assinalar a data.

  • Dossier Temático de 20 anos de ENLCD22/4/2019

     

     
  • A Terra Treme - exercício nacional a 5 de novembro pelas 11h054/11/2018

     

     

     

     

    Autoridade Nacional de Proteção Civil promove um exercício nacional designado A TERRA TREME a 5 de novembro pelas 11h05.

    Esta iniciativa procura chamar a atenção para o risco sísmico e para a importância de comportamentos simples que os cidadãos devem adotar em caso de sismo, mas que podem salvar vidas.

    Tem a duração de apenas 1 minuto, durante o qual os participantes são convidados a executar os 3 gestos que salvam: BAIXAR, PROTEGER E AGUARDAR.
     

    Conheça os procedimentos que deve adotar antes, durante e depois de um sismo em: http://www.aterratreme.pt/o-exercicio/

     

  • Calor - como prevenir3/8/2018

    Considerando as previsões da meteorologia, para o aumento significativo de temperatura no período compreendido entre 2 a 6 de agosto de 2018, para a globalidade do território de Portugal Continental e de acordo com a articulação com as Áreas de Governo responsáveis pela Defesa Nacional, Saúde, Ambiente e Agricultura e Florestas, o SICAD enquanto parceiro da Plataforma Saúde Sazonal, junta-se à campanha da Direção-Geral da Saúde divulgando os seguintes materiais informativos:

    cartaz_temperaturas_480x680_WEB.PDF

    cartaz_temperaturasA4_WEB.PDF

    cartaz_temperaturasA5_WEB.PDF

    cartaz_temperaturasA3_WEB.PDFcartaz_temperaturasA3_WEB.PDF
     

  • III Congresso SICAD e 10 anos de FNAS - Inscrições encerradas23/6/2018

    As inscrições para o III Congresso SICAD e 10 anos de FNAS já se encontram encerradas. 

     

    Conheça os oradores no Site do congresso: https://congressosicad.eventqualia.net/pt/2018/inicio/  
    Cannabis, RRDM, Jogo e Álcool
    Humanismo na intervenção em CAD
     O SICAD (Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências) realiza o seu III Congresso nos dias 25, 26 e 27 de junho, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa. Neste Congresso serão integradas as comemorações dos 10 anos de FNAS (Fórum Nacional Álcool e Saúde), sendo ainda de assinalar que no dia 26 se celebra o Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas.  Portugal foi pioneiro ao transferir o foco do trabalho na área das dependências da esfera da Justiça para a da Saúde. A centralidade no cidadão, o Humanismo que rege os nossos valores desde sempre está agora a ter maior expressão nos movimentos internacionais que aproximam as temáticas da adição a uma intervenção relacionada com a área Social e, mais concretamente, com o respeito dos Direitos Humanos. Nesse sentido, afirmamos este III Congresso como o grande momento de aproximação à sociedade civil, às famílias, aos cidadãos, quer sofram ou não de problemas aditivos ou dependências, traduzindo na nossa frase-assinatura essa preocupação.   Como temas centrais foram escolhidos: a Cannabis, o Jogo, a RRMD (Redução de Riscos e Minimização de Danos) e o Álcool. Todos estas questões estão na ordem do dia e foram identificadas como carecendo de uma reflexão profunda para que se continuem a desenhar políticas sólidas, seguras e eficazes para o futuro.  
    Ao longo de três dias, passarão pelo Centro Cultural de Belém figuras centrais da investigação em cada um dos temas escolhidos, testemunhos de profissionais dos serviços estatais e das ONG que trabalham nesta área, mas também utilizadores de drogas que nos darão conta dos seus problemas reais, revelando a nossa missão de trabalhar com todos no sentido de encontrar as melhores soluções para os nossos concidadãos.  
     
     
     

     

  • Completaram-se no dia 26 de janeiro seis anos sobre a criação do SICAD29/1/2018

    ​<iframe width="560" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/QJPfqbIIYpM" frameborder="0" allow="autoplay; encrypted-media" allowfullscreen></iframe>

  • Plano de Formação em CAD 2018-201910/1/2018

    ​À semelhança de anos anteriores, o SICAD disponibiliza formação aos stakeholders internos e externos.

    Veja o Plano de Formação em CAD 2018-2019 aqui.

  • Plano de Formação 2017: Construimos futuros, para informações 3/11/2017
    À semelhança de anos anteriores, o SICAD disponibiliza formação aos stakeholders internos e externos. Capacitar os profissionais para o  desenvolvimento de respostas e intervenção de qualidade faz parte das atribuições do SICAD.
    A centralidade no cidadão mobiliza-nos para promover o conhecimento junto dos profissionais da área dos comportamentos aditivos e dependências na sociedade.

     

    Para  informações e inscrições: Oferta formativa 

     
  • Proteja-se do sol e do calor13/7/2017

    ​ 

     
     

     

    Considerando as previsões da meteorologia, para o aumento significativo de temperatura entre os dias 12 e 15 de julho, sobretudo no interior do país e o risco no impacto em saúde existente,  o SICAD, enquanto parceiro da Plataforma Saúde Sazonal, junta-se à campanha da Direção-Geral da Saúde COM A TEMPERATURA A SUBIR SAIBA COMO PREVENIR: 

    Neste contexto, a Direção-Geral da Saúde recomenda:
    A. Procurar ambientes frescos e arejados ou climatizados;
    B. Aumentar a ingestão de água ou de sumos de fruta natural sem açúcar e evitar o consumo de bebidas alcoólicas;
    C. Evitar a exposição direta ao sol, principalmente entre as 11 e as 17 horas. Utilizar protetor solar com fator igual ou superior a 30 e renovar a sua aplicação de 2 em 2 horas e após os banhos na praia ou piscina;
    D. Utilizar roupa solta, opaca e que cubra a maior parte do corpo, chapéu de abas largas e óculos de sol com proteção ultravioleta;
    E. Evitar atividades que exijam grandes esforços físicos, nomeadamente, desportivas e de lazer no exterior;
    F. Escolher as horas de menor calor para viajar de carro. Não permanecer dentro de viaturas estacionadas e expostas ao sol;
    G. Dar atenção especial a grupos mais vulneráveis ao calor, tais como, crianças, idosos, doentes crónicos, grávidas, pessoas com mobilidade reduzida, trabalhadores com atividade no exterior, praticantes de atividade física e pessoas isoladas;
    H. Seguir as recomendações do médico assistente ou do Centro de Atendimento do SNS: 808 24 24 24 no caso de doentes crónicos ou sujeitos a terapêuticas e/ou dietas especificas;
    I. Assegurar que as crianças consomem frequentemente água ou sumos de fruta natural e que permanecem em ambiente fresco e arejado. As crianças com menos de 6 meses não devem estar sujeitas a exposição solar, direta ou indireta;
    J. Contactar e acompanhar os idosos e outras pessoas que vivam isoladas. Assegurar a sua correta hidratação e permanência em ambiente fresco e arejado;
    K. Ter cuidados especiais, no caso das grávidas: moderar a atividade física, evitar a exposição direta ou indireta ao sol e garantir ingestão frequente de líquidos;
     

    Para se proteger dos efeitos negativos do calor intenso mantenha-se informado, hidratado e fresco.
    Mais informação pode ser obtida na página da Direção-Geral da Saúde ou através da Saúde 24: 808 24 24 24.
     

     Cartaz: Saúde e Verão - mantenha-se hidratado   

                                                                                   
    Campanha "O que vai beber?" 
  • ​ProjetoTWIST21/6/2017

    Inserido no âmbito da Lisbon  Addictions 2017, e fazendo parte integrante do programa da Conferência, irá ter lugar um programa de formação de dois dias – o projeto TWIST (Trainning With Stakeholders –applying EU Drug research), financiado pela Comissão Europeia e dirigido a profissionais da área das dependências em início de carreira.

    Durante a avaliação da primeira edição da Lisbon Addictions, em 2015, detetou-se a necessidade de complementar o programa da Conferência com um projeto de formação integrada e dinâmica, a fim de explorar os temas mais recentes no panorama das drogas e dependências, num ambiente que promove uma aprendizagem interativa e uma maior partilha de conhecimentos e experiências. 

    A formação terá lugar em simultâneo com a Conferência e os temas, conteúdos e formato do programa de formação TWIST serão conceptualizados através de um processo participativo que integra um questionário on-line, discussões em fóruns com stakeholders e um workshop em Barcelona.

    O TWIST reunirá 120 profissionais na área das dependências em início de carreira – do universo académico, da comunidade médica e da sociedade civil – tendo em conta o equilíbrio e a diversidade em termos de distribuição geográfica, competências, género e percurso profissional. As bolsas TWIST atribuídas aos participantes no programa de formação cobrirão as despesas de viagem, alojamento, refeições e a taxa de inscrição na Conferência Lisbon Addictions 2017.

    Os interessados deverão preencher um formulário de inscrição disponível no site do TWIST (www.twist-train.eu), estando o processo de inscrição aberto até 30 de junho de 2017.
     
    A  Fundació CLÍNIC Barcelona, o SICAD, a EUFAS (European Federation of Addiction Societies) e o Hospital Universitário CLÍNIC são os parceiros do projeto TWIST integrado na Lisbon Addictions 2017.
     
    Saiba mais na Newsletter da Lisbon Addictions em: Lisbon Addictions 2017 gets a special TWIST e em www.twist-train.eu.
     
    Mais informações sobre a Lisbon Addictions 2017 em http://www.lisbonaddictions.eu.
  • ENCONTRO: Descriminalização - 15 anos depois - disponibilizadas as apresentações26/9/2016

    Data: 8 e 9 de novembro 2016

    Local: Auditório da Biblioteca Municipal Almeida Garrett, Porto

    Após 15 anos de Descriminalização do consumo de drogas (Lei 30/2000 de 29 de novembro), Portugal vê internacionalmente reconhecida a estratégia política que adotou em matéria de comportamentos aditivos e dependências.

    O sucesso do Modelo Português deve-se sobretudo a uma abordagem global e integrada na toxicodependência onde a Dissuasão, a Prevenção, o Tratamento, a Redução de Riscos e Minimização de Danos, e a Reinserção se entrelaçam conferindo singularidade à intervenção.  

    As Comissões para a Dissuasão da Toxicodependência (CDT) celebraram no dia 1 de julho, 15 anos de existência na sua missão crucial de promover a dissuasão do consumo de substâncias psicoativas e a diminuição das dependências, constituindo-se como um serviço ímpar, de referência nacional e internacional, na operacionalização da Lei.
     

    Neste Encontro serão abordados os seguintes temas:

    • O contexto social e político da descriminalização
    • A visão política da descriminalização
    • A qualidade da intervenção em dissuasão e o papel das CDT na perspetiva de uma intervenção integrada
    • Dissuasão, a afirmação de um modelo único
    • A descriminalização e o impacto na comunidade internacional 

      

    Programa

    Oradores  

    Apresentações:
     
    Painel II - O Contexto Social e Político da Descriminalização
    Uma visão Global - Américo Gegaloto - CDT Setúbal
     
    Painel II – As CDT: da Operacionalização à Afirmação
    CDT os  desafios ao funcionamento – Anabela Antunes - CDTViseu e Guarda
    Perspetivas Futuras – Sofia Almeida  - CDT Aveiro
     
    Painel III - A Qualidade da Intervenção em Dissuasão
     
    Painel IV - A Perspetiva Internacional da Descriminalização
    Drug laws, penalties and alternatives across Europe - Brendan Hughes - Principal Legal Analyst, EMCDDA
     
    Painel V  - O Papel e a Experiência das Equipas nas CDT
    O Papel da Equipa de Apoio Técnica – Teresa Tavares da Silva - CDT Porto
    Da Estratégia à Tática -  Cristina Sousa Santos - CDT Faro
     
    Painel VI  - A Dissuasão na Perspetiva dos Parceiros 
    A Dissuasão na Perspetiva dos Parceiros - Célia Carvalho – CPCJ do Porto Central
     

     

    Para mais informações contacte: comunicacao@sicad.min-saude.pt  

     

     

     

  • ​​Novo Portal do Serviço Nacional de Saúde (SNS)22/8/2016

    ​​Foi lançado a 1 de fevereiro de 2016 o novo Portal do Serviço Nacional de Saúde (SNS), disponibilizado em http://www.sns.gov.pt  

    Desenvolvido pela SPMS – Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, EPE, em colaboração com os demais serviços e organismos do Ministério da Saúde, o Portal do SNS visa agregar informação e disponibilizá-la em quatro eixos: SNS, Institucional, Cidadão e Profissional. 

    Permite, ainda, acompanhar os tempos de espera nas urgências e as listas de espera para cirurgia e explorar um conjunto de dados e indicadores de saúde que estão presentes na área dedicada à Transparência.

    Ver anexo
  • BIBLIOTECA IBERO-AMERICANA SOBRE DROGAS E DEPENDÊNCIAS (BIDA)28/4/2016

    A Biblioteca Ibero-americana sobre Drogas e Dependências (BIDA) é uma plataforma virtual de gestão descentralizada que dá acesso a informação científica de qualidade em matéria de drogas e dependências com especial ênfase na compilação documental em espanhol e português cujo desenvolvimento começou no ano de 2011 no âmbito do Programa de Cooperação entre a América Latina e a União Europeia em Políticas sobre as drogas (COPOLAD), financiado pela Comissão Europeia através da Direção-Geral da Cooperação Internacional e do Desenvolvimento (EuropeAid).

     
    Atualmente composta por uma Rede de 10 Centros de Documentação, pertencentes a Agências Nacionais de Drogas da Argentina, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Espanha, México, Peru, Portugal e Uruguai, que integram, através deste sistema, as suas coleções bibliográficas possibilitando, assim, uma gestão eficiente e partilhada de recursos entre bibliotecas. 
     
    A BIDA coloca à disposição de investigadores, profissionais, decisores e público em geral, uma vasta coleção de publicações, bem como um catálogo de revistas científicas de difícil acesso até agora através das bases de dados de âmbito anglo-saxónico. 
     
    Esta biblioteca permite o acesso a documentos em texto integral de literatura especializada, bem como a literatura cinzenta de elevado interesse (teses de doutoramento, relatórios institucionais, entre outros). Podem também encontrar-se trabalhos que respondem a necessidades básicas de informação ou divulgação, bem como referências-chave publicadas em inglês e francês.
     
    Esperamos, num futuro próximo, aumentar o seu âmbito de atuação, nomeadamente através da implementação de um repositório de instrumentos de análise, interpretação e avaliação objetiva das intervenções realizadas na área da redução da procura.
     
     
    Poderá aceder à BIDA através de: https://bida-copolad-pnsd.msssi.gob.es/bida-copolad/  
    qrcode_bida.png   
  • II Congresso SICAD 2/2/2016

    Data: 5 - 6 - 7 de abril 2016

    Local: Fundação Calouste Gulbenkian - Lisboa​

    O SICAD tem como missão, promover a redução do consumo de substâncias psicoativas, a prevenção dos comportamentos aditivos e a diminuição das dependências. Assim, compete a este Serviço promover momentos de reflexão e estimular a partilha e disseminação de conhecimento entre os vários atores envolvidos nesta área de atuação, consideramos que a realização do II Congresso SICAD apresenta-se como uma mais-valia no alinhamento da política pública para esta área.    

     

     Programa

       Oradores   

     Relatório de Avaliação do Congresso

     

    Apresentações:
     
    SESSÃO PLENÁRIA II – Modelos da qualidade na intervenção em CAD
     
    SESSÃO PARALELA IX – Regulamentação em CAD e ganhos em saúde
     
    SESSÃO PLENÁRIA II – Modelos da qualidade na intervenção em CAD
     
    SESSÃO PARALELA VIII – Novas Redes – Novas Práticas
     
    SESSÃO PLENÁRIA IV - Práticas na intervenção em CAD
     
    SESSÃO PARALELA I - Investigação como suporte ao desenho das intervenções
     
    SESSÃO PLENÁRIA III – O papel do conhecimento na melhoria da intervenção em CAD
     
    SESSÃO PLENÁRIA IV - Práticas na intervenção em CAD
     
    SESSÃO PLENÁRIA I – Qualidade em saúde
     
    SESSÃO PARALELA VIII – Novas Redes – Novas Práticas
     
    SESSÃO PARALELA VI – Contextos e Tipos de Intervenção

     

  • 1ª Conferência Europeia sobre Comportamentos Aditivos e Dependências2/10/2015
    ​Peritos internacionais na área das dependências reuniram-se em Lisboa nos dias 23 - 25 de setembro de 2015 para a 1ª Conferência Europeia sobre Comportamentos Aditivos e Dependências Lisbon Addictions 2015. Neste evento foram apresentados os últimos desenvolvimentos do conhecimento científico nesta área e debateram-se vários temas que vão desde as drogas ilícitas, o álcool, o tabaco, o jogo e outros comportamentos aditivos. A Conferência foi organizada pelo Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (SICAD), em colaboração com a revista Addiction, o Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (EMCDDA) e a International Society of Addiction Journal Editors (ISAJE). 
     
    Este evento pioneiro foi realizado em torno de quatro temas:
     
    • Dependências uma perspetiva multidisciplinar 
    • Da investigação à prática e à implementação de políticas
    • Novas fronteiras na investigação em dependências
    • Os desafios das dependências num mundo cada vez mais interligado
     
    A Lisbon Addictions 2015 alcançou a capacidade máxima de 600 participantes e abrangeu uma audiência multidisciplinar. Participaram nesta conferência 16 keynote speakers, cerca de 200 apresentações, 140 comunicações rápidas. Na semana em que decorreu esta conferência, realizaram-se ainda, vários eventos e sessões temáticas, nomeadamente: uma conferência técnica do EMCDDA para a comemoração dos “20 anos de monitorização e comunicação da evidência sobre drogas”; o 2015 “EMCDDA scientific paper award”; o simpósio ALICE-RAP; o evento de investigação do ERANID e a reunião do Management Board e Advisory Board da Ação Comum para a Redução dos Efeitos Nocivos do Álcool (RARHA).
     
    Esta Conferência que reuniu peritos de 56 países foi uma oportunidade única para o intercâmbio de experiências entre investigadores, profissionais da área e peritos oriundos de vários países e disciplinas, bem como para refletir sobre como enfrentar os novos desafios nesta área. Os parceiros, incluindo organizações nacionais e internacionais e projetos europeus de investigação, contribuíram para a excelência científica desta Conferência.
     
    Devido ao sucesso desta 1ª Conferência Europeia, foi anunciada para 21-23 de junho de 2017 a realização da 2ª Conferência Europeia sobre Comportamentos Aditivos e Dependências.
     
    Para mais informação consulte: www.lisbonaddictions.eu 
     
     
     Clique para ver os videos  
     <iframe width="340" height="215" src="https://www.youtube.com/embed/pRmPGWJVpgw" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
    <iframe width="340" height="215" src="https://www.youtube.com/embed/L5I8YTmophs" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
     <iframe width="340" height="215" src="https://www.youtube.com/embed/2yLew2wXNQg" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
    ​<iframe width="340" height="215" src="https://www.youtube.com/embed/ApQwlilCfNE
    "frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
    ​<iframe width="340" height="215" src="https://www.youtube.com/embed/rb5wiyUTXz0" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
     
      
     
     
  • 1ª Conferência Europeia sobre Comportamentos Aditivos e Dependências23/9/2015
    Logótpo da Conferência Lisbon Addictions 2015

    Anúncio da Conferência Lisbon Addictions 2015

     1ª Conferência Europeia sobre Comportamentos Aditivos e Dependências
    Lisboa, 23 a 25 de setembro de 2015

    www.lisbonaddictions.eu

      

    O SICAD — Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências, a revista Addiction, o Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (EMCDDA) e a International Society of Addiction Journal Editors (ISAJE) organizam conjuntamente um encontro que contará com a presença de investigadores, decisores políticos, profissionais e técnicos da área, aliando excelência científica e experiência em matéria de adições.

    A Conferência, a realizar em Lisboa de 23 a 25 de setembro de 2015, será um importante evento a incluir no calendário internacional da reflexão em matéria de comportamentos aditivos e dependências.

    Terá lugar no Centro de Reuniões da FIL (Parque das Nações), em Lisboa, e procurará dar conta dos últimos desenvolvimentos do conhecimento científico em matéria de adições, no panorama europeu e mundial, abrangendo a temática das drogas ilícitas, do álcool, do tabaco e do jogo, bem como de outros comportamentos aditivos. O evento cobrirá áreas como a epidemiologia, a reflexão sobre as políticas, a investigação clínica, as ciências socias e comportamentais ou a psicofarmacologia, e serão discutidos os grandes temas da atualidade.

    Esta 1ª Conferência Europeia sobre Comportamentos Aditivos e Dependências, que contará com várias apresentações de keynote speakers, especialistas de topo da Europa e do resto do mundo, constituirá uma oportunidade para dar a conhecer as mais recentes descobertas científicas, estando prevista a realização de workshops multidisciplinares e diversos fóruns de discussão. Será igualmente uma oportunidade para o intercâmbio de experiências e boas práticas, estando disponíveis todas as condições para que se possam realizar encontros com este fim, à margem da Conferência.

    Marque já a data na sua agenda!

    Para mais informação consulte www.lisbonaddictions.eu

  • Apresentação das Linhas orientadoras para a Mediação Social e Comunitária no âmbito da reinserção de pessoas com comportamentos aditivos e dependências3/2/2015

    Data:
    13-02-2015

     

    Local: Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra

    Programa

    Para ver a publicação clique aqui

     

  • Aprovação do Plano Nacional para a Redução dos Comportamentos Aditivos e das dependências 2013-2020 e do Plano de Ação para a Redução dos Comportamentos Aditivos e das dependências 2013-2020 e do Plano de Ação 2013-201629/12/2014
  • Encontro Técnico-científico sobre Consumos Aditivos em Meio Laboral: estratégias de prevenção e intervenção - Apesentação das Comunicações2/12/2014
    Encontro Técnico-científico

    A Autoridade para as Condições do Trabalho ACT e o Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências SICAD  realizou, no dia 2 de dezembro de 2014, no Auditório da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa, o Encontro Técnico Cientifico Consumos Aditivos em Meio Laboral.

     

    A realização deste evento teve como objetivos:

     
    • Contribuir para a partilha de informação sobre substâncias psicoativas em contexto laboral e suas consequências na área da segurança e saúde nos locais de trabalho.
    • Promover um debate alargado no que concerne às estratégias de prevenção do consumo destas substâncias em contexto laboral.
     

    O Encontro destinou-se a Empregadores, Trabalhadores / Representantes dos Trabalhadores, Técnicos de Saúde, Técnicos de Higiene e Segurança no Trabalho e Médicos do Trabalho.

     

    Contou com a colaboração dos parceiros sociais, instituições públicas, empresas e organizações da sociedade civil. 

     

     Apresentação das Comunicações

     

    Quadro de referência - Michel Massacret Chairman of the Ad hoc Expert Group - PT

    Cadre de référence - Michel Massacret Chairman of the Ad hoc Expert Group - FR

    Consumo de psicotrópicos em contexto laboral Perspectiva Internacional - Drª Ana Santos - OIT

    Prevenção: A Perspectiva da Medicina do Trabalho - Dr. Jorge Barroso Dias, Médico do Trabalho

    A importância das parcerias e a construção de documentos estratégicos - Dr. Carlos Ramos Cleto - SICAD

    Projecto EURIDICE - Prevenção e Intervenção nas Dependências em Meio Laboral - Drª Ana Borges - CGTP

    Rede de referenciação/articulação no âmbito dos comportamentos aditivos e das dependências  - Drª Graça Vilar - SICAD

    O Consumo De Substãncias Psicoativas em Meio Laboral o Modelo Terapêutico da UTITA - Drª Maria Halpern Diniz

    Proteção de Dados e o Controlo de Substâncias Psicoativas no Local de Trabalho - Drª Otília Veiga - Comissão Nacional de Proteção de Dados

    Política de Prevenção e Controlo do Álcool no Grupo EDP - Dr. Sérgio Manuel - EDP Valor – Direção de Segurança e Saúde

    Sim e Depois? Detectar, Prevenir e Reagir aos Problemas - Drª Sara Pasadas - CCP

     
    Programa_2_12_2014.pdf
  • Formação em Dependências sem Substâncias – Jogo12/11/2014

    Data:   1.º dia – 12 de novembro de 2014
               2.º dia – 03 de dezembro de 2014
               3.º dia – 04 de fevereiro de 2015

     

    De acordo com a Organização Mundial de Saúde, o jogo patológico é reconhecido como uma perturbação dos hábitos e dos impulsos, segundo a Classificação Internacional de Doenças (CID – 10).

    Nos últimos anos tem havido uma preocupação crescente com o perigo de adição ao jogo na Internet, uma vez que é possível jogar num ambiente mais isolado e anónimo, sem nenhuma forma de controlo social, o que leva a uma maior exposição a todas as formas de jogo.

    Segundo o estudo realizado em 2009, da autoria de Henrique Lopes, sobre a dependência do jogo em Portugal, há pelo menos 16.124 viciados em jogos a dinheiro em Portugal e mais de 400 mil jogadores de risco. Segundo o autor, um dos dados preocupantes é o número de jovens que mostram sinais de dependência: 1.564 têm menos de 25 anos e 8.741 têm entre 26 e 40 anos. Segundo o autor assiste-se a um fenómeno de rejuvenescimento da classe dos jogadores, o qual se deve ao crescimento da oferta e acesso a jogos a dinheiro na Internet.

    Neste enquadramento e considerando a necessidade de melhorar as competências dos profissionais e dos serviços especializados de apoio (CRI, Centros de Saúde, outros serviços públicos e privados) para responder adequadamente e com eficácia às necessidades de intervenção das pessoas com problemas ligados ao jogo, assume particular pertinência a dinamização de formação junto dos profissionais com responsabilidades de intervenção, dos quadros dos nossos stakeholders externos.

    Saber mais... 

  • “Formação no âmbito da abordagem a Pessoas com Problemas Ligados ao Álcool e Dependências”6/8/2014

    O despacho do Senhor Secretário de Estado da Saúde a 10 de janeiro de 2013, definiu como prioridade absoluta a “Formação no âmbito da abordagem a Pessoas com Problemas Ligados ao Álcool e Dependências”, tendo como referencia o referencial de formação definido pelo SICAD, que a ACSS, organismo intermédio do POPH, integrou na tipologia 3.6 “Qualificação dos Profissionais de Saúde” no eixo prioritário 3 – Gestão e Aperfeiçoamento Profissional do POPH para 2013.

    Conforme referido no referencial de formação publicitado com a abertura de candidaturas “A abordagem de pessoas com PLA e dependências deve fazer-se desde os cuidados de saúde primários (CSP) até aos cuidados saúde secundários (CSS), no contexto de uma rede de referenciação articulada de cuidados, dirigida a esta população. Esta rede integra estruturas ao nível dos CSP, centros de respostas integradas (CRI) e unidades de internamento (UI) ou unidades hospitalares (UH), consoante a gravidade da dependência, ou dos consumos de substâncias psicoativas (SPA).”

    A ação de formação que agora se divulga contribui para a disseminação do conhecimento e desenvolvimento de competências no domínio de uma adequada intervenção na prestação de cuidados de saúde aos cidadãos e foi apoiada no âmbito da apresentação de candidatura ao POPH, pela Fundação Beatriz Santos, tendo merecido parecer positivo do SICAD.

    Ficha de inscrição.pdf Programa alcool e dependências.pdf
  • III Inquérito Nacional ao Consumo de Substâncias Psicoativas na População Geral, Portugal 201225/6/2014
  • Dia Internacional contra o Abuso e o Tráfico Ilícito de Drogas2/6/2014

    O dia 26 de Junho foi proclamado, pela ONU, o Dia Internacional contra o Abuso e o Tráfico Ilícito de Drogas.

    Este dia, estabelecido em 1987, funciona como um alerta dos Estados-membros para a criação de uma sociedade livre de drogas. O Tema “Saúde” tem sido escolhido durante os últimos anos, nomeadamente as escolhas saudáveis que cada indivíduo faz.

    Para mais detalhes sobre esta campanha, nomeadamente as mensagens do Secretário-Geral da ONU e do Director Executivo do UNODC, por favor, consulte o link abaixo:

     

     http://www.unodc.org/drugs/en/june-26/index.html

  • Segmento de Alto Nível da 57ª Sessão da Comissão de Estupefacientes das Nações Unidas17/3/2014

    Nos dias 13 e 14 de março de 2014 realizou-se, em Viena, Segmento de Alto Nível da 57ª Sessão da Comissão de Estupefacientes das Nações Unidas, que contou com a participação de representantes dos Estados Membros, da sociedade civil e de organizações internacionais e regionais. Portugal esteve representado no Segmento de Alto Nível pelo Secretário de Estado da Saúde, pelo Coordenador Nacional para os Problemas da Droga, das Toxicodependências e do Uso Nocivo do Álcool e Diretor-Geral do SICAD e pela Chefe da Divisão de Relações Internacionais do SICAD.

    O Segmento de Alto Nível analisou os progressos alcançados pelos Estados Membros na aplicação da Declaração Política e do Plano de Ação adotados em 2009, que aborda três domínios: redução da procura; redução da oferta e luta contra o branqueamento de capitais e promoção da cooperação judicial para reforçar a cooperação internacional. 

    No encerramento do Segmento Ministerial foi aprovada uma Declaração Ministerial Conjunta que identifica os progressos alcançados, os desafios e as prioridades para o futuro, tendo em vista a Sessão Especial da Assembleia Geral das Nações Unidas sobre Drogas, que terá lugar em 2016, em Nova Iorque.

    As reuniões continuam na próxima semana (de 17 a 21 de março), decorrendo a Sessão Anual da Comissão de Estupefacientes, durante a qual diversos temas serão discutidos, designadamente o consumo de drogas, os esforços regionais para reduzir a oferta de drogas,a implementação da Convenções das Nações Unidas, os desafios colocados pelas novas substâncias psicoativas, entre outros. 

    Esta Comissão, criada em 1946, desempenha o papel de órgão diretor responsável por todas as questões relativas à luta contra a droga, colaborando com o Conselho Económico e Social na supervisão da aplicação das Convenções e Acordos Internacionais relativos aos estupefacientes e substâncias psicotrópicas, analisando as alterações a introduzir a nível internacional para assegurar o controlo das drogas. 

    Mais informação em: https://www.unodc.org/unodc/en/commissions/CND/session/57.html

  • ​Kick Off Meeting da RARHA em Lisboa28/2/2014
    fotografia do evento de Kick off RARHA

    RARHA-310114a.jpgA apresentação pública (Kick Off Meeting) da Joint Action on Reducing Alcohol Related Harm (RARHA), com a presença do Ministro da Saúde, teve lugar em Lisboa, no Centro de Conferências do Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência, em 31 de janeiro de 2014.

    Esta ação comum que foi apresentada por Portugal, que a coordenará através do SICAD, insere-se no Segundo Programa Plurianual de Ação da União Europeia no domínio da Saúde, e visa apoiar os Estados Membros na minimização dos efeitos nocivos do álcool.

    Envolvendo 28 Estados Membros, mais a Islândia, a Noruega e a Suíça, conta como parceiros, associados ou colaboradores, entidades públicas, diversas ONG, e organizações internacionais como a OCDE, a OMS, o OEDT, além do Grupo Pompidou. 

  • Plano Nacional para a Redução dos Comportamentos Aditivos e das Dependências 2013-2020 e Plano de Ação para a Redução dos Comportamentos Aditivos e das Dependências 2013-201626/2/2014
    capa do plano nacional

    O Plano Nacional para a Redução dos Comportamentos Aditivos e das Dependências 2013 - 2020 e o Plano de Ação para a Redução dos Comportamentos Aditivos e das Dependências 2013 - 2016, foram elaborados num processo com ampla participação conduzido pelo Coordenador Nacional para os Problemas da Droga, das Toxicodependências e do Uso Nocivo do Álcool que envolveu, não apenas órgãos executivos e consultivos da Estrutura de Coordenação, mas também os membros do Fórum Nacional Álcool e Saúde, os parceiros das áreas do jogo e um procedimento de consulta pública, encontrando-se pendentes de aprovação em Conselho de Ministros.

    O Plano Nacional apresenta metas calendarizadas para 2016 e 2020 e será operacionalizado por dois Planos de Ação de quatro anos, o primeiro dos quais termina em 2016.  

    Consultar os Planos em: Coordenação Nacional

  • 1º Congresso SICAD8/11/2013
    Congresso SICAD 2013

    O SICAD - Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências, realizou nos dias 12 e 13 de dezembro de 2013, no Ô Hotel Golf Mar, Vimeiro,  o seu 1º Congresso.

    A realização deste evento teve como grande objetivo reforçar os laços de cooperação e alinhamento dos vários atores  no desenvolvimento de uma politica pública, coerente e sustentada, para a área de intervenção nos comportamentos aditivos e nas dependências, por isso o tema escolhido para o Congresso  foi "na coesão o futuro".

     

    Apresentações no 1º Congresso SICAD:

     

    Jogo_Diana_Cunha.pdf Jogo_Pedro_Hubert.pdf PANRCAD_João_Goulão.pdf Jogo_Henrique_Lopes.pdf Meio_Laboral_Emilia_Telo.pdf 1_Infância_PIAM_Irene_Flores.pdf Idosos_Consumo_Alcool_Scafato.pdf Consumos_1_Infância_Carla_Silva.pdf Meio_Laboral_Carlos_Silva_Santos.pdf Consumos_1_Infância_Eugenio_Cordeiro.pdf Intervenções_Breves_Frederico_Rosário.pdf Qualidade_CAssistenciais_Joana_Coutinho.pdf Novos_ Instrumentos_ Gestão_Graca_Vilar.pdf Qualidade _Pratica_Intervenção_Graça_Vilar.pdf Sindrome_Fetal_Alcoolico_Alexandra_Almeida.pdf Instrumentos_Diagnóstico_Precoce_Hilson_Cunha.pdf Qualidade_Certificação_Unidades_Filipa_Homem_Cristo.pdf Meio_Laboral_RR_Medicina_Trabalho_Jorge_Barroso_Dias.pdf
  • Rede de Referenciação / Articulação no âmbito dos Comportamentos Aditivos e das Dependências, aprovada por despacho do Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde 6/9/2013
    Rede de Referenciação
    A premência da definição e implementação de um sistema que regule, dentro de uma nova arquitetura institucional, as relações de complementaridade e de apoio técnico entre as entidades intervenientes no tratamento dos comportamentos aditivos e das dependências, exige a construção de uma Rede de Referenciação/ Articulação de forma a promover o acesso dos doentes aos cuidados e serviços de que efetivamente necessitam, bem como sustentar o sistema integrado de informação interinstitucional.
    Com a constituição desta Rede visa‐se, não só a redefinição das relações de complementaridade e de apoio técnico à luz de uma nova atribuição de competências entre instituições públicas, mas também, a oportunidade de potenciar o alargamento e integração da prestação de cuidados, em função das reais necessidades das populações, em matéria dos comportamentos aditivos e dependências, não obstante ser necessária a definição futura dos processos assistenciais que dela decorrem, pelas entidades a quem estão atribuídas essas competências…
  • COVID-19 informacoes úteis27/3/2020
    COVID-19, novo coronavírus: informação útil


     

     

     

      

    O atual momento de emergência nacional suscita inúmeras dúvidas aos cidadãos e profissionais sobre os riscos da COVID-19, em comportamentos aditivos e as dependências.

    Desenvolvemos assim uma área que agrega informação útil e necessária sobre COVID-19 e CAD para:

    • Facilitar o acesso à informação sobre COVID19 e CAD, por parte dos cidadãos com CAD e famílias ou amigos e profissionais da área;
    • Disponibilizar links para consulta;
    • Disponibilizar contactos úteis.
     
    #ficaemcasa e mantém-te informado!

    O SICAD, a construir caminhos.

  • Contactos das Comunidades Terapêuticas Convencionadas12/12/2017

     

      

    A página Estruturas Existentes neste site, está em reestruturação, para aceder aos contactos das Comunidades Terapêuticas Convencionadas consulte o seguinte documento:

     

    CTConvencionadas.zip

     

     

  • - 25, 26 e 27 de novembro de 2020 - 21/9/2020
    #ENPCAD





    Veja aqui a página oficial do Encontro Nacional de Profissionais de CAD​ que se realiza nos dias 25, 26 e 27 de novembro de 2020.
    Neste espaço encontra todas as atualizações sobre o evento, assim como informações úteis.


    ÚLTIMA HORA

    ATUALIZAÇÃO: HORÁRIOS 

    Uma semana após a abertura de inscrições contamos 335 participantes.
    Para que comece a organizar a sua “agenda” publicamos hoje, o programa, agora com o horário das sessões. 

     


    Informamos que o workshop A. Dependências sem substância: estamos preparados para responder às novas formas de CAD? agendado para o dia 27 de novembro, já está esgotado.

    Obrigado a todos os inscritos. Teremos, certamente, uma sessão muito interessante. 


    INSCRIÇÕES

    As inscrições para o Encontro Nacional de Profissionais de CAD estão abertas. Veja o programa e inscreva-se aqui.
     

    Informamos que, para os primeiro e segundo dia, basta assinalar a caixa apresentada. Para o terceiro dia, assinala adicionalmente um workshop. Cada workshop tem uma lotação de 100 participantes.

    INFORMAÇÕES ÚTEIS PARA OS PARTICIPANTES

    O Encontro Nacional de Profissionais de CAD decorrerá exclusivamente online, a partir da plataforma WEBEX. Alguns dias antes do seu início receberá, no email que indicou, todos os links de acesso às sessões. Para que possa usufruir em pleno desta experiência, críamos um guia com informações úteis e indicações para participantes.​
    Indicações para​ participantes​

    #ENPCAD

    Criámos uma hashtag para que localize melhor toda a informação sobre o Encontro Nacional de Profissionais de CAD nas redes sociais. Consulte-a e use-a sempre que falar de nós.
    #ENPCAD 


    GRANDES TEMAS DO ENPCAD

    Fique a conhecer os grandes temas do Encontro Nacional de Profissionais de CAD.
    Vamos encontrar-nos?

      

    PISTAS PARA OS TEMAS DO ENPCAD

    Depois da divulgação das datas e dos objetivos, divulgamos sobre os temas que serão discutidos no ENPCAD.
    Consegue encontrá-las?

    temas_do_encontro2020_1.png​​     

    OBJETIVOS DO ENPCAD

    A situação pandémica fez nascer nas equipas que trabalham em CAD a necessidade de se unirem para melhor servirem os cidadãos.

    O Encontro Nacional de Profissionais de CAD nasce dessa necessidade, explicada no vídeo abaixo pelo subdiretor-geral do SICAD, Manuel Cardoso..

    video_site.jpg                  ​                                                                                                                                      

    VAMOS ENCONTRAR-NOS? 

    Os impactos da pandemia de COVID 19 nos padrões de consumo dos cidadãos e nas necessidades de apoio, sobretudo, dos consumidores problemáticos de álcool e drogas, mobilizou entidades públicas e privadas para assegurar a continuidades dos cuidados de saúde a estes cidadãos, grande parte em situação de vulnerabilidade social. O SICAD assumiu neste período um papel agregador e coordenador de esforços, promovendo reuniões online, com os diferentes atores, ARS/DICAD, ONG e IPSS com respostas de RRMD e de tratamento, colocando com eficácia ao serviço dos cidadãos o potencial do modelo de respostas integradas instalado.

    É na continuidade deste espírito de cooperação e de gestão de sinergias, em que juntos superáramos dificuldades e constatámos que todos contamos, que o SICAD promove o Encontro Nacional de Profissionais de CAD, nos dias 25, 26 e 27 de novembro, de modo a alicerçar os laços criados neste período crítico e de emergência. Pretende-se que seja um espaço de encontros, discussão e reflexão sobre a) as estruturas que alicerçam as abordagens em CAD em Portugal, numa lógica prospetiva, b) problemas e preocupações emergentes, abordando especificamente determinadas áreas, c) 20 anos da Lei nº30/2000 de 29 de novembro, que define o regime de descriminalização do consumo e posse para consumo de substâncias psicoativas ilícitas.

Voltar