Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal

Dissuasão

:

Home Page

Iniciação Rápida

  • A-
  • A
  • A+

 

 DISSUASÃO

 

 

A dissuasão  assume-se como uma estratégia de intervenção global e integrada, extravasando a mera aplicação da   Lei da descriminalização.


Indissociável das restantes áreas de intervenção, que constituem o reconhecido modelo português, a dissuasão opera numa rede de respostas articuladas trabalhando para a redução do consumo de substâncias psicoativas e dependências, a proteção sanitária dos consumidores e das populações e para a prevenção da exclusão social.  

Valores como a inovação e o pragmatismo permitiram criar e manter em funcionamento esta resposta normativa, cuja fortíssima componente de promoção da saúde tem contribuído para a melhoria da qualidade de vida do cidadão e das comunidades. 

 

A intervenção preconizada pelas Comissões para a Dissuasão da Toxicodependência (CDT), serviços do Ministério da Saúde que operacionalizam a lei da descriminalização, é de abrangência nacional. Estes serviços acolhem os indiciados (consumidores de substâncias psicoativas ilícitas) encaminhados pelas forças de segurança e pelos tribunais, procedem a uma avaliação rigorosa da sua situação face ao consumo, valorizando sempre as suas necessidades psicossociais, sem nunca descurar a razão pela qual foram criados: a premência em aproximar os consumidores de substâncias ilícitas dos serviços da área saúde. 

 

 

 

         

Voltar